28 de fevereiro de 2007

Guerra FCPorto-Benfica para a Taça em 93





Download do video aqui. (versão sem cortes no ecrã, sem assinatura, etc. É o video puro e simples. A partir de agora vai ser assim...)


Para os 1/8 de final da Taça de Portugal da época 92/93, calhou ao Benfica em sorte o FCPorto nas Antas!

E esse jogo foi uma das maiores roubalheiras que tenho memória! Desde entradas assassinas, a pressões inacreditáveis à arbitragem, valeu de tudo nesse jogo! Tudo com o compadrio do José "100 metros" Pratas...

Mas mesmo reduzidos a 10 desde os 70 minutos, e a perder desde os 72', o Benfica empatou mesmo ao cair do pano, por Mostovoi, e aguentou o prolongamento heroícamente, levando o jogo para a Luz.

E na Luz canta outro fado! O Benfica foi superior, venceu 2-0, golos de Isaías (bom, este não foi um golo...este foi um golaço!!!) e Iuran, e o Benfica apurava-se assim para a ronda seguinte da Taça de Portugal, competição que iria vencer derrotando o Boavista na final por 5-2 (outro jogo que será recordado um dia destes...).

Próximo video: O 4-4 de Leverkusen (são 5 minutos de puro deleite!).

19 Comentários:

Telmo disse...

Grande vídeo e fantástica jogada do Ísaias.

Note-se a voz aziada do comentador no jogo da antas que já contava com a vitória dos corruptos e na cara de domingos a olhar para o chão ;)

Venha de lá esse video do grande jogo com o B. Leverkusen!

João Silva disse...

O Isaias jogava tanto, bom video.

Anónimo disse...

excelente blog.
até me arrepio a ver alguns videos. aguardo ansiosamente o vídeo de leverkussen e espero p mts mais (contra o arsenal, liverpool, etc.)
Saudações benfiquistas e continuem

droff disse...

lolix... "bola para um lado, guarda-redes para o outro, como mandam os canones"... Ve-se mesmo que a narracao foi gravada depois do jogo, que o Rui Tovar era sempre bem mais lerdo e inimaginativo que isto...

Parabens pela parceria neste blog. Já perdi belas manhas a ver clips de bola antiga, muitos deles vossos. Aliás, tenho um video do Em4ly do benfica muito bem montado, se bem que com uma musica questionável. Bem... pelo menos nao era UHF...

essa eliminatória foi pouco antes do Futre chegar, nao foi? belas 2 épocas que foram 92/93 e 93/4.

Hasta jazz.
droff out.

João disse...

Um dos poucos jogos que não perdemos nas Antas, com fruta e tudo. Todos os jogos eram assim, como um ambiente digno de Beirute ou Teerão em guerra civil. Ouvi este jogo na rádio, com os nervos à flor da pele, como sempre. Uma das poucas coisas de jeito que o génio (sem ironia) Mostovoi fez pelo Benfica.

Anónimo disse...

aquele lance do isaias é de mestre, ele tinha coisas sublimes...
sim nessa altra jogar no porto era qq coisa, vejam os links para a entrada do couto ou a peitada do kostadinov ao bandeirinha e o energumeno no inacio no fim a dizer babuseiras do genero "o fiscal de linha marca golo, oh pois diz q nao é golo..."

Pedro disse...

Impressionante os estádios cheios...

Este jogo na Luz foi o primeiro jogo que assisti com os No Name Boys. Uma experiência q nunca hei-de esquecer e q criou o bichinho q dura até hoje!!!!

Paulo disse...

o que é incrivel é a luz a abarrotar numa quarta-feira a tarde. fabuloso

Ubualdo Chóriça disse...

Julgo que, a esta hora, já estarás a par da triste notícia...
Acho que o Bento iria agora gostar de rever algumas das suas defesas. E nós também.
Que te parece, Bakero? Mãos à obra?

Bakero disse...

Ubualdo, bem que gostaria de fazer um video de homenagem ao Bento, mas não tenho material suficiente para isso. Pouco ou nada tenho com ele...

T-Rex disse...

Excelente!
Sem chocolatinhos e fruta eram estes os resultados normais.
Mais palavras para quê?

Anónimo disse...

A "emoção" com que o jornalista narra o nosso golo é comovente. Coitado senão ainda levava na tromba, como um colega seu num celebre Fcp-Famalicão, em que o agressor entra no relvado das antas (que nome tão apropriado!) cabeceia em cheio no reporter RTP, e foge bancada acima! Em que sitio do país isto aconteceria mais?
É simplesmente vergonhoso esse clube. Dá-me nojo. Todos eles.

D'Arcy disse...

Adoro o entusiasmo do José Nicolau de Melo enquanto relata o livre do Mostovoi. Soube muito bem aquele golo bem no final, depois de um jogo em que tudo estava contra o Benfica.

E claro que me recordo muito bem do jogo de reptição. Mais de 80.000 pessoas num dia de semana à tarde na Luz, e eu era uma delas (quando um tipo tinha horários de estudante era muit mais fácil ;))

madne0 disse...

Aquela entrada do Fernando Couto é digna de acusação de tentativa de homicídio. Que grande besta!

Anónimo disse...

Baaah!O relato do golo do Benfica nas Antas é comico...

Fala a dormir e quase não se ouve...

Anónimo disse...

Foi um periodo incrivel estavamos em pleno reinado Apito Dourado e nas Antas mais uma vez tentaram tudo para o habitual roubo mas o Mostovoi respondeu á altura (foi a compensação de 1 mês antes ali ter falhado 1 golo de baliza aberta literalmente onde perdemos com 2 penaltis inventados o ultimo a 2 minutos do fim) e ficamos a saber a tendencia do Domingos de olhar para o chão começou cedo.
Na Luz foi inesquecivel numa 4ª Feira ás 4 da tarde com o Estádio cheio, onde foi apresentado o Paulo Futre com o KING Eusébio no meio campo de punho cerrado a dizer "para ganhar, para ganhar".
O jogo não teve história dominio de principio ao fim, com o habitual golão do nosso profeta (que maldade ao Couto de mestre).
Para mim (faltei a 2 aulas mas não podia perder o jogo) foi um jogo curioso com uma história engraçada. Fiquei pela 1ª vez na Central por baixo da Comunicação Social e estava o jogo a começar vejo sentar-se 3 cadeiras ao lado só o sr. Bobby Robson e o Manel Fernandes então treinadores Lagartos. Não estranhei pois 4 jornadas depois tinha-mos o Derby na Luz mas achei curioso o Manel anotar varias vezes nomes num caderno por indicação do Robson. No golo do Isaias com tudo aos saltos e com as bocas habituais o Robson disse "great Goal this Isaias is increribel, Manel that´s the player i want". Fez também referência ao Paulo Sousa, ao João Pinto, ao Helder, ao Paneira. Como não liguei ás bocas dadas ao Manel Fernades sobre o Futre "queria-no é nosso", etc, e este a responder "olhem que quem ri por ultimo... Esperem pelo fim da época". Na altura ninguém ligou mas foi evidente que estavam já a preparar o Verão Quente com o ataque aos jogadores. Conseguiram o Sousa e o Pacheco mas não lhes valeu da nada ganharam o mesmo que sempre ganham, ou seja nada e anos depois tiveram que pagar e bem por eles.

P.S- No campeonato ficamos a 2 pontos perdidos em Aveiro naquela famosa história da mala entregue ao GR Aveirense Acácio e depois com a vitoria dos Andrades precisamente nesse campo, ai se a Dr.ª Morgado já tivesse com o Processo.

O GLORIOSO

Anónimo disse...

nessa epoca, tivemos na luta ate ao fim e é vdd, o beira mar ajudou a decidir o titulo...o problema foi termos perdido os dois derbys na primeira volta, com ivic em alvalade e depois toni nas antas num jogo em que estava muito nevoeiro e a sic transmitiu..o timofte entrou para resolver mas foram precisos 2 penaltys (o joao pinto deles falhou o primeiro)e a 5 minutos do fim que ja se fazia tarde arranjaram para o porto ganhar
esse nicolau de melo era um comentador pessimo tb comentou o jogo com o guimaraes em que estivemos a perder durante hora e meia mas no fim, a reviravolta

Anónimo disse...

isaias isaias isaias !!!!!!!!!!!!!

nuno perninhas disse...

depois de lá ter estadona na luz á pinha para ver o slb, e ver o paulo futre...lembro-me como fosse hoje...vale sempre recordar estes momentos. slb sempre